CLICK - Um Aniversário Perfeito

Bom, que já viu o filme "Click" vai entender o que estou falando. Esse filme é aquele que o carinha tem um controle e pode parar a vida a hora que quiser, ou pode adiantar, ou voltar em determinados momentos. Quase no finzinho do filme mostra o que seria da vida dele (uma droga, e ele perderia tudo o que amava), caso ele usasse o controle pra tudo e não vivesse naturalmente. Ainda bem que não termina mal, mas não vo contar propriamente o final porque pode ser que aguém que esteja lendo isso não viu o filme e perderia toda a graça, pois esse é um daqueles filmes que a graça está bem no final mesmo.
Mas continuando, fiquei pensando ontem antes de dormir que eu queria ter um controle desses. Não para adiantar a vida, nem parar "pular" discussões com alguém, nem para voltar em alguma hora para alguma ocasião. Eu queria mesmo era congelar momentos...
Momentos esses que ninguém está ali pra me cobrar nada, nem pertubar minha cabeça, nem ficar fazendo perguntas o tempo todo, nem pulando em cima da gente, nem cobrando respostas ou atitudes, momentos que eu posso ser eu mesma... momentos (são raros), que ficamos completamente "sem pertubações", se é que vocês me entendem...
Eu queria poder congelar esses momentos, pra que durassem um pouquinho mais do que duram normalmente. E ai vem tudo de novo, as pertubações, as perguntas, as cobranças, as crises, tudo tão sufocante, e a gente vai sobrevivendo em meio a isso tudo. Se você não entendeu sobre o que estou falando, nao liga, isso é mais um desabafo... tô eu aqui de novo enchendo a cabeça de quem lê o blog. Mas eu também não ia querer adiantar os momentos ruins caso tivesse o tal controle não, porque acho que isso faz parte da vida e é o que faz a gente crescer, só queria que os bons durassem mais, ou fossem mais frequentes.


Sexta, 27
Chega disso! Bom sexta foi um dia "sussu", fiz meus cabelos, fui pra facul, assisti aula bonitinho, depois fui com o Rê levar minha sogra em casa. Como a gente já saiu daqui umas 23h, chegamos lá quase 00:00. Ficamos um tempo conversandoe talz e ai deu meia noite. Na verdade eu só me toquei quando o Rê me deu um belo dum abraço e me deu meu presente, rs. Meu perfume preferido! É tão bom né quando você ganha alguma coisa que você gosta muito?! Depois foi a vez da minha sogra me dar um susto, pulou em cima de mim pra dar parabéns, rs.

Sábado, 28 (UhuL!)
Acordei às 8h com uma droga de uma cólica. Fala sério, no dia do meu aniversário? Ai tomei remédio, fui pra cama da minha mãe e dormi de novo. Ai aconteceu uma coisa muito engraçada. Lembra que eu falei que eu tinha uma amiga que morava em outro estado (Goiás - Goiânia)? Então, ela me ligou na sexta e perguntou que horas eu estaria em casa sábado pra ela me mandar meu presente, eu disse que o dia todo menos a noite e talz... Ai sábado to lá deitadona na cama de mamis, quando minha irmã chegou na porta do quarto e disse, tem um presente aqui pra você, vem ver. Dei um pulo na cama e até esqueci da cólica imaginando mesmo que fosse o presente dela que tinha chegado. Sai do quarto de mamis, passei pelo hall onde fica o computador e cheguei a copa. Tomei um susto quando vi o presente. Sabe o que era? Ela! Veio lá de Goiânia pra cá cara! Fiquei horas olhando pra ela sem acreditar, chamei ela de maluca umas 50 vezes, abracei muito, beijei e ainda não matei todas as saudades porque ela fica aqui até quarta então temos muito tempo ainda. Falei pro marido dela que ficou lá a trabalho (muitas saudades dele também), que roubei ela dele um pouquinho, rs. Minha mãezinha fez um almoço e comemos eu, Rê, Thamirys, Camila, Brenno, Michele, Evandro, Fabíola, Maria Clara, Maria Laura (minha bebezinha!), e Meu Papis claro. A noite fomos ao Teatro Vanucci assistir a peça "O segredo que só os homens tem", mais por causa do horário não conseguimos entrar, tinhamos que ter chegado lá umas 6h, mais chegamos 7:32h porque antes de ir tivemos que levar pessoas em casa, droga. WWW.BLOGAO.KIT.NET
Mas tudo bem, veremos de uma próxima vez. Demos uma volta no Shopping da Gávea, e eu vi o Raul Gazzola (feião!), Rs. E depois fomos comer.
A noite foi muito gostosa. Não tava calor nem frio, tava um tempo ótimo. O Rio de Janeiro é um cenário perfeito para a protagonista aqui, rs. E a cena de sábado a noite foi linda. Muito bom meu aniversário. E que venham outros assim!


Gostaria de agradecer primeiramente a Deus, que merece tooodos os créditos pela minha vida, que merece tudo, não tenho nem palavras.
Segundo aos meus pais, sem eles eu não estaria aqui. Meu, minha mãe porque é incansável, e por ser excelentemente maravilhosa. Meu pai por ser o melhor homem que eu já conheci, e todos os outros deveriam se espelhar nele.
Ao Rê, por ser meu sonho realizado. Por me fazer mais que feliz o tempo todo, por ocupar meus pensamentos, por me acalmar, por ser tão presente até quando ausente, por ser meu melhor amigo, e por fazer de tudo pra arrancar um sorriso meu. Meu príncipe. Prometo passar o resto da vida me esforçando para merecê-lo.
Aos meus amigos, que são personagens desta história, a minha vida, e que fazem ela ser tão bela! Acho que eu ficaria meio torta pro lado se não os tivesse.
Obrigado a todos os que lembraram do meu aniversário, mandaram scraps no orkut, mensagens pro celular, falaram comigo pessoalmente...
Obrigado também aqueles que lembraram mas que por um motivo ou outro não conseguiram falar comigo.
Vocês todos fizeram do dia 28/04/07 mais um aniversário inesquecível.


Eu só posso agradecer. Tiro o chapéu pra todos vocês, porque vocês merecem! Brigadúúú!
WWW.BLOGAO.KIT.NET

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

0 comentários: