Ufa!!
Às vezes o blog me salva... Serinho! Tanta coisa pra falar, e ninguém pra me ouvir... WWW.BLOGAO.KIT.NET
E ai, como eu tenho ficado um bom tempinho sem escrever aqui, acaba que eu acumulo os assuntos. Mas agora vou me dedicar mais ao blog... boa menina, rs.

Bom, tenho sentido uma necessidade muito grande de caminhar, rs. Sério, tô muito sedentária e não suporto academia, dai pensei, pô, vou caminhar, que é bom pro corpo e pra cabeça né?! Mas caminhar sozinha é o "Ó", e como não tem ninguém disponível pra caminhar comigo no horário que eu queria tive uma grande idéia, rs... Levar meu cachorro! Bom, depois comecei a avaliar os problemas. Primeiro grande problema: meu cachorro nunca saiu na rua. É um típico cachorro criado em apartamento e com vó, rs. Pra vocês terem uma idéia, ele come no café mamão e banana amassadinhos no prato! Segundo grande problema: nunca botei uma coleira nele... Daí fui fazer uma experiência, comprei uma coleira, bonitinha até e tal, ai fui pra casa, sentei ele no meu colo, ele é bem pequenininho, é da raça Pinscher Miniatura. Peguei ele muito carinhosamente, coloquei a coleira no pescocinho dele, deixei um pouco froxa com medo dele se enforcar e botei ele no chão. Ele me olhou com uma cara de pavor tão grande que me deu pena. Juro. Imaginem só, um bichinho que sempre viveu solto pelo quintal, fazendo suas caquinhas onde bem entendesse, agora ter que andar preso por uma corda? Deve ter sido deprimente pra ele não? Mas como eu estava determinada na minha tarefa de levá-lo para passear, fui eu fazer ele andar de coleira. E quem disse que o bicho saía do lugar? Botei ele no chão e ele travou as quatro patinhas. Eu puxava ele, chamava o nome, assoviava, fingia que ia correr (porque toda vez q eu corro ele corre atrás de mim), e nada... Ai soltei ele. Ele saiu desembestado correndo pelo jardim, dando giros de quase 180° no pescoço por causa da coleira. Fui atrás dele, cuidadosamente tirei a coleira, tarefa que já tinha se tornado difícil porque ele tava se mexendo demais, devia estar com medo, de eu colocar mais alguma coisa "desagradável" nele.
E ai eu finalmente, desisti, rs. Não vou fazer isso com meu cachorro né?! Acho que criei um trauma nele. Ele ficou uns 3 dias fugindo de mim, eu chegava ele se escondia, eu ia brincar com ele, ele fugia... Com medo, da terrível mamãe aqui. Demorou uns três dias pra eu retomar sua confiança, e só então eu me senti perdoada, rs. Pedi desculpa pra ele algumas vezes sem ninguém ouvir, senão além de carrasca iam me chamar de louca. E parece que ele fazia uma carinha de choro, que nem criança que a mãe dá banho frio, e depois a criança fica triste e a mãe arrependida. Prometi nunca mais machucar ele, nem prender. E o resultado disso é: Continuo minha vida sedentária, sem caminhar nem fazer nenhum outro exercício físico, mas pelo menos, tô de bem com meu cachorro, rs. WWW.BLOGAO.KIT.NET

Mudando radicalmente de assunto... Nasceram as gemêas de uma amiga da minha mãe, Raquel e Rebeca... Meu que crianças lindas!!! Fiquei pensando, como deve ser bom ter filhos né? Acho que quando eu tiver, nem vou mais ligar a TV nem o PC, vô só ficar com eles, rs. E quero ter 5 filhos! Meu marido vai ter que trabalhar muito pra sustentar a gente, hehehe. E já tem até nome: Valentine, Izabel, Linda, Theo e Enzo. Às vezes paro e fico imaginando as crianças gritando no quintal, comendo areia do parquinho, rs, gritando: Manhêêê! Vô ser uma mãe babona, rs. Deve ser maravilhoso hein... mais isso só daqui a muuuito tempo, uns 9 anos...e põe tempo nisso! WWW.BLOGAO.KIT.NET

Por enquanto é só...
Beijão e até!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

0 comentários: