Era uma vez Férias...

É gente, tudo que é bom ou engorda, ou é pecado, ou dura pouco. E lá se foram minhas férias. Bem, por mais que tenham sido poucos dias, posso dizer que aproveitei muito! Foram muitos passeios, fui ver o basquete no Pan, fiz faxina, caí da janela... Ish! Foi bom demais.

Bem, no primeiro findi das minhas férias não fiz nada de muuuito especial. Na sexta vímos "À Procura da Felicidade", que é um filmaço. Recomendo pra todos que procuram um bom filme e precisam aprender uma lição de perseverança.
No sábado Fui em Madureira com o Rê e comprei meu tão sonhado relógio, rs. Ai o Renan ficou paquerando um relógio que tinha lá preto e prata, lindo. Ele nem ia comprar mas tirou da caixa, botou no pulso, perguntou o preço, mexeu daqui, mexeu dali, fico mó tempão namorando o relógio. Compramos o meu e fomos embora. Demos uma volta no Shopping (nada de bom), tomei Ovomaltine (outro vício além do Mc Donald's), e depois fomos nos encontrar com o Thiago para irmos embora. A noite tinha o aniversário da Welda, prima do Renan, e foi muito engraçado! Saímos de lá e ficamos vendo filme na casa da minha vó. O filme era com a Jennifer Lopez, "A cidade do silêncio", mas era uma verdadeira bosta. Tão ruim que a única que viu até o final fui eu. O primeiro a dormir foi o Brenno no sofá. Depois a Camila também deu uma cochilada. Eu tava sentada no chão, e o Rê deitado com a cabeça no meu colo. Quando vi ele também tava roncando, rs. Eu assisti até o final porque sou cinéfila mesmo. Amo qualquer tipo de filme. As vezes o filme é um verdadeiro cocô mas é fogo, não consigo parar de ver.

Assisti a muitos jogos do Pan nas férias, pela televisão obviamente. Quando decidimos ir no estádio ver um jogo faltavam três dias para o encerramento dos jogos, mas mesmo assim corremos atrás. Fomos no quartel com o Rê, depois fomos pro Maracanã comprar porque pela internet já estava esgotado. Chegamos lá já estava esgotado também. Fiquei tão chateada! Meu olhos começaram a se encher de lágrimas. Ai o Renan, que me conhece muito bem, sem nem olhar pra mim sussurrou "Não chora".
Fiquei chateada porque minha irmã só conseguiu passar 5 ingressos no cartão. O dela, o do Brenno, o do Renan, e os dos meus pais. Quando ela tentava passar o sexto ingresso dizia que a cota tinha sido esgoatada, daí ela comprou os cinco e deixou pra comprar o meu e o do meu primo, que também queria ir com a gente na bilheteria. Nossa já tinha até perdido as esperanças de ir no jogo. Cheguei em casa toda desacreditada da vida sentei no sofá e fiquei vendo TV sem vontade de ver nada, só de ver o jogo, justamente o jogo que eu não tinha o ingresso.
De repente a Camila, que estava na internet (estranho seria se ela não estivesse), deu um grito :"Consegui, comprei os dois!", e não é que ela conseguiu mesmo? Fiquei estalando de felicidade!
Aí como o jogo seria no sábado, a semifinal do basquete, tínhamos que tocer na sexta pro Brasil ganhar, porque se o Brasil não ganhasse, ele seria eliminado e nós íamos assistir Porto Rico e Uruguai. Compramos o ingresso arriscando. Mas graças a Deus o Brasil ganhou. Também, gritei tanto "Vai Marcelinho!", que chega o Renan se irritou. Ficamos vendo pela TV paralelamente as quartas-de-final do basquete, e o atletismo no Engenhão. Aí ele ficava gritando "Vai Keyla", só pra me irritar e pra dar o troco porque eu tava gritando pro Marcelinho, rs.

No sábado fomos à Arena Olímpica do Rio! Como meu ingresso e o do meu primo Bruno foram comprados por último, ficamos em lugares separados do resto do pessoal, mas ao invés do Bruno ir comigo pro nosso lugar, o Renan que foi né, obviamente. Nossa o jogo foi alucinante! O Marcelinho joga muito! Toda hora que ele pegava na bola eu queria gritar "Vai Marcelinho", mas aí o Renan ia ficar chateado né, daí eu só gritava "Vai, vai, vai!". Óbvio que o Renan percebeu né, rs. Aí ele olhou pra minha cara com a maior cara de pai que não vai dar bronca e disse "Pode gritar Marcelinho Carolina...", e depois riu. Aí eu fiz a cara mais sem vergonha do mundo, e agora que já tinha a permissão, soltei o grito: "Vai Marcelinhooooooooooo", rs. Acho até que ele ouviu. O Brasil ganhou e saímos radiantes de lá. Tiramos algumas fotos que estão no meu orkut, que tem pode ir lá dar uma olhadinha.

Depois fomos pra minha casa porque tínhamos uma festa pra ir. Me arrumei, encontramos o Vieira, e fomos buscar a Aline e o Rodrigo. Depois de buscados, rs, fomos procurar a festa. Aí foi quase um parto. Não tínhamos o endereço certo. E aí? Você acha que achamos? Pois é, não. Rodamos, rodamos, rodamos, e não achamos a festa. Acabamos indo prqa pizzaria da Tia Cris, e pra mim valeu mais do que ir na festa. Primeiro porque eu já tava super afim de ir lá, já tinha falado com o Rê há um mês mais ou menos. Segundo porque troco qualquer badalação por uma boa conversa, e ficamos conversando, nós cinco, até 1h da manhã. Depois meu pai começou a me ligar (tava demorando, rs), e o Rê me levou pra casa. A Aline dormiu lá e ficamos conversando até altas horas. Foi bem gostosinho esse findi.

Ah! Já ia esquecendo de contar a melhor coisa que me aconteceu nas férias. Melhor até que ir ver o Pan e o Marcelinho do Basquete, rs.
Estava eu três dias sem ver o Renan. Chega tava com crise de abstinência, rs. Aí liguei pra casa dele na quinta 19h e ele não tinha chegado em casa ainda, detallhe: ele sai do trabalho às 16:30h. Fiquei com aquilo na cabeça neh. Liguei pro celular dele e ele me disse que tava na rua, e que quando chegasse em casa me ligava. Sabe que horas ele me ligou? Nove e quinze da noite. Não sou dessas mulheres de fazer escândalo sabe, na verdade não suporto isso, mas diante da situação tive que ligar neh. Perguntei onde ele estava , ele disse que ficou até mais tarde no quartel porque chegaram uns recrutas lá e que dpeois ficou preso no trânsito.

- Quantos recrutas chegaram? 600? E que trânsito é esse? Tava vindo de Cabo Frio amor?

Sou nojenta não? Aí ele disse que também tinha passado no banco e tal. Falei pra ele que ele não sabe mentir, e realmente, ele é péssimo pra isso, graças à Deus. Depois de tentar me enrolar por muito tempo ele não aguentou:

- Poxa, eu ía fazer uma surpresa pra você...

Minha cara foi no chão. Calei a boca no mesmo minuto. Pedi zilhões de desculpas com a voz igual de criança. Eu alí dando crise de ciúme e ele fazendo uma surpresa pra mim. Que cruel que eu fui. Não é que eu não confie nele, eu confio demais, até de olho fechado, muito mesmo, ele é o melhor homem dessa terra inteirinha, e ninguém, chega aos pés dele. Nem o cara mais dedicado do mundo conseguiria chegar perto de me fazer feliz como o Rê me faz. Mas é que eu tava de TPM, fico neurótica sabe.
Aí ele falou assim que não adiantava que ele não ia me contar, que só me falou que tinha a surpresa pra eu não ficar achando que ele tava por aí fazendo besteiras, mas que a surpresa, ele não contava. Achei por bem não pressonar já que eu tinha feito um escandalo a troco de nada. E ainda acusado ele, e ele tava só pensando em mim. Fui dormir na quinta feira arrependida. Na sexta a gente se encontrou a noite, ele me abraçou como se nada tivesse acontecido, como se eu não tivesse dado crise nenhuma. Chegou lá em casa, falou com minha mãe, com minha irmã e sentamos no sofá da sala. Ficamos conversando sobre tudo... Ai ele me deu um chocolate que tirou do bolso, meu preferido, chocolate branco. Ele sabe o quanto amo chocolate branco... Comecei a comer e fomos conversando, e ele ia comendo também. Tava uma delícia. O chocolate foi o selo de paz entre nós depois da palhaçada que eu tinha feito no dia anterior. Já tava terminando o chocolate quando botei tudo na boca. Comecei a mastigar e mordi algo tão duro que parecia um vidro. Pensei que tinha algum bicho no chocolate, barata ou sei lá. Já tirei "aquilo", que eu nem sabia o que era da boca, com um desespero incrível. Quando olhei quase caí pra trás. Lá estava ela, cheia de chocolate e brilhando pra mim. Uma aliança lindérrima. Linda de morrer. Olhei pra cara dele e não sabia se eu ria, se chorava, se ficava com vergonha, ou se agradecia. Só pude falar um "É linda amor...", e é linda mesmo. Nossa, do jeitinho que eu queria. Ele realmente me conhece até do avesso. Depois que ele colocou no meu dedo não consigo mais parar de olhar pra minha mão, rs. E fico toda hora olhando pra mão dele também. Tô uma bobona gente, rs. Mas tô uma bobona feliz demais. Nunca pensei que alguém pudesse me fazer tão feliz e segura como o Rê me faz. É uma coisa fora do comum, só sentindo pra saber. O que eu sinto é tão bom que eu tenho vontade de tirar meu coração e colocar no peito das pessoas pra elas sentirem o que eu sinto. É uma pena saber que nem todo mundo tem a felicidade de viver o que eu estou vivendo.
Aí achei que eu tinha que fazer uma coisa também. Com eu ía ao médico lá em Madureira, fui lá no lugar que dias antes tínhamos comprado o meu relógio. Bati o olho no relógio que o Rê tinha ficado paquerando e falei pra o vendedor: "É aquele ali". O carinha fez a maior cara de "Pô nem escolheu direito", mal sabe ele que eu já tinha marcado a "cara" do relógio. Cheguei em casa, coloquei-o numa caixinha de presente linda, com um laço em cima, ficou um presente lindo. Aí fiquei ansiosa pra ele chegar logo. Quando ele chegou enrolei um pouco e dei o presente, que tinha uma carta junto. A carta também ficou linda. Aí ele foi ler a carta primeiro. Aí minha irmã disse assim "Cruzes, não sei como você vai ler a carta antes de abrir o presente, tá curioso não é?", ele só riu.
Leu a carta toda, e eu asiosa pra ver a reação dele ao abrir né. Quando ele abriu que olhou o relógio, acho que passou um filme na cabeça dele, rs. Ele fez uma cara de criaaça ganhando presente no natal, que deu vontade de comprar a loja toda, só pra ele fazer aquela carinha de novo. Colocou no pulso todo bobo e ficou rindo pra mim. Amei a reação, rs. Foi lindo. Agora estamos os dois de relógios novos, e alianças no dedo. E muito, muito, mas muito mesmo, felizes...

Rê, você foi o melhor presente que eu poderia ter ganho até hoje. A cada dia que passa eu só sei te amar mais. Prometo passar o resto da minha vida me esforçando para merecê-lo. E não posso por um ponto final nesse post, porque quero fazer dele como o meu amor, que é infinito...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Dois Extremos

Tanta alegria no Pan! Jade Barbosa enfim conseguiu a medalha de Ouro, Diego Hypolito brilhou nas provas de ontem e também levou sua medalha, e Mosiah calou a boca de todos os que o chamaram de "velho" garantindo também a sua medalha, é o Brasil subiu de oitavo para terceiro lugar no raking das medalhas! Definitivamente a terça feira foi ótima pros atletas brasileiros do Pan, mas não foi tão boa assim pros passageiros da TAM.
Há cerca de um mes atrás eu viajei para Goiás, e fiz escala em SP, exatamente no Aeroporto de Congonhas. Graças a Deus, a pista principal (essa que já derrapou 4 vezes), estava em obras, e o avião que eu estava teve que usar a pista auxiliar, que nunca derrapou nenhum avião. Sei que certas coisas acontecem porque tem que acontecer, porque estão escritas, mas outras, são falhas humanas.
Desde dezembro do ano passado 4 aviões já derraparam nessa pista de congonhas. Só que o ser humano é assim, só toma um providência quando a situação chega ao extremo. A pista de congonhas ainda não estava liberada, apesar de as obras já terem acabado, faltava fazer na pista as frisas, que é uma espécie de anti-derrapante para so aviões em caso de pista com lâminas (molhadas pela chuva), e o nível de chuva ontem em SP, segun o portal G1 foi elevadíssimo. Agora eu pergunto, se a pista não estava pronta, porque liberaram? Porque não continuaram usando a pista auxiliar? Porque não interditaram até colocarem as frisas sabendo que São Paulo é uma cidade que tem altos indíces de chuva principalmente durante o inverno? É doloroso saber que 186 pessoas ou mais, pagaram pela imprudência dos outros. Outros que estão vivos, por amis que vão responder processo e talz, estão vivos. Suas famílias não vão sofrer com suas perdas, suas vidas não foram imterrompidas de forma brutal. E o que dizer da tripulação? Quando fui pra Goiás mês passado fiquei olhando para aquelas meninas comissárias... E fiquei imaginando o desespero que deve dar quando se sabe que a aeronave vai cair, explodir, bater sei lá. Os passageiros se desesperam mas não tem certeza ainda, se ocorrerá o cidente ou não. Os tripulantes geralemnte sabem, quando vão morrer. E o pior, trabalhando. Imagina o que se passou na cabeça do piloto e do co-piloto ao verem a aeronave desgovernada alcançando a Avenida Washington Luiz e indo em direção ao prédio Tam Express. Imaginem o desespero. Devem ter tentado de todas formas salvar aqueles 170 passageiros. Imagina quando estava a poucos metros de colidir, todo mundo na cabine já sabia que ia morrer, mas os passageiros não. Deve ser muito triste. Mais triste ainda pra família que ficou. Porque quem foi, não sente mais dor, mas pra quem ficou é que começa o martírio.
E o pior de tudo, deve ser saber que seu parente morreu dolorosamente. E o que fazer com a saudade? Que só vai crescer... e as lembranças boas vão sufocar a cada dia. É triste e doloroso.

Não só a Aviação Brasileira, não só o Pan-Americano, não só a TAM e as famílias, mas todo o Brasil, está de luto pela morte dos passageiros, tripulação, e as pessoas que morreram no caminho que o avião fez até colidir com o prédio. Quantos brasileiros mais precisam morrer para que o governo brasileiro tenha a decência de fazer o seu trabalho?

Nunca vi um aeroporto tao mal feito e com problemas como o Congonhas... É vergonhoso.

Vergonhoso, e muito triste.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Enfim férias!

É gente, minhas tão esperadas férias começam quarta-feira! WWW.BLOGAO.KIT.NET
Bem, da faculdade eu já estou há uma semana e meia, mas do trabalho só quarta mesmo...
Eu queria viajar né, mas não vai ter como. Então, vô curtir esses poucos dias nos quais eu vou ficar "sem fazer nada" pra descançar e tentar me divertir, mesmo que em casa e na maioria das vezes, sozinha.

A semana passada foi bem tranquila... E o findi também. Nada de tão exuberante aconteceu que eu possa contar aqui. Tudo normal, normal demais.
Hoje a segunda-feira tá bem legalzinha, apesar de ser segunda (não gosto muito de segundas feiras, rs). Vou colocar algumas coisas em ordem lá em casa (essas coisas incluem guarda-roupa pra arrumar, algumas roupas pra botar na máquina, arrumar a cama, quer dizer, trocar a a colcha, e remover um certo esmalte das unhas, rs). E como em dias que não tenho muito o que fazer, vou tentar uma nova receita! =]
Essa é de batata recheada... Me pareceu fácil, vamos ver né?!

Sábado fiquei vendo a Ginastica Artística até tarde... Aproveito para abrir um agradecimento especial (mesmo sabendo que elas não vão ler, rs), à Jade Barbosa, que obteve a maior pontuação entre as brasileiras na ginastica artística, ela deu um show! É uma verdadeira simpatia esa menina!
À Daniele Hypolito, que mais uma vez humilhou de tão bem que foi. Eu chega dava pulos no sofá! Rs.
À Laís Souza, que com toda a sua "marra" também levantou o público, rs (Mas ela é cheia de marra mesmo!).
E à eterna Daiane dos Santos, que mesmo com o tornozelo meio ruim foi lá e se apresentou. Visivelmente ela tava mal, tadinha, quando dava um salto a perna dela tremia! Ela não conseguiu fazer a prova do cavalo e nem das paralelas, mas já valeu a do solo. Daiane é mesmo uma guerreira!

Sem falar nas meninas do Vôlei né... Humilharam as peruanas! Elogios à parte à Mari, que além de jogar muuuito bem, é linda!

Enquanto eu vibrava sozinha que nem uma louca no sofá, fiz um prato de Yakissóba pra mim... Nossa ficou ótimo, até eu me surpreendi! Fiz o macarrão do miojo, aí cortei em pedacinhos cebola, repolho, cenoura, cheiro verde e pimentão. Tirei o miojo do fogo ainda meio durinho e deixei secar. Depois juntei tudo, o macarrão do miojo + os legumes num frigideira e fui jogando tempero e molho shoyu e misturando tudo. Não é que ficou gostoso? Comi de lamber os lábios!

Falando em lábios, estou com estomatite... WWW.BLOGAO.KIT.NET
Primeiro começou com a minha boca toda rachada, aí achei que era do frio, porque tava um frio que eu nunca vi igual aqui no RJ. Só que depois estorou uma bolhas muito estranhas, por dentro e por fora. E toda vez que eu como dá uns 15 minutos me dá uma vontade louca de vomitar, bate um peso no estômago, um asía, dá uma vontade de enfiar uma escova de dente na garganta e vomitar logo pro mal estar passar. Mas depois de meia hora acaba passando. Minha boca tá toda cortadinha e cheia de bolinhas. Mal consigo engolir. Vô ver se vou no médico hoje pra ver isso. Vô gastar um pouquinho o dinheiro do meu plano que não uso nunca. Devem tá enriquecendo nas costas do meu pai, pago todo mês e só usei uma vez, rs. Fazer o que se nunca fico doente? Rs. Graças a Deus né...

Aí a amiga da minha mãe disse que o que causa a estomatite é comer muita porcaria... WWW.BLOGAO.KIT.NET
Foi nessa hora que eu tive certeza que é com estomatite que eu tô, rs. Pareço até criança. Como tanta besteira!
Tá ardendo a boca até pra passar batom. Que maldade não é mesmo, eu ter que viver sem batom...

Tô cansada demais, até de escrever, então vô parando por aqui. Essa noite tive um pesadelo horrível. Sonhei que um cara me sequestrava, me levava pra um bosque vazio à noite, tirava a minha roupa e sapatos, me deixava de calcinha e sutiã, e me mandava correr. Me deixava correndo a noite inteira, e ficava correendo atrás de mim com uma arma na mão dizendo que ia me matar. Depois de correr a noite inteira, ele me colocava de joelho à sua frente colocava a arma no meu peito, na direção do coração, e falava pra eu dizer minhas últimas palavras. Só lembro que eu dizia "Pelo amor de Deus moço, que foi que eu te fiz? Por favor não me mata não... Por favor..." e ele atirou.

Aí eu acordei umas 4h da manhã desesperada de medo. Não tive coragem de levantar. Olhei pra cara da minha irmã e ela dormia que só um anjo. Pensei em chamar minha mãe, mas ia falar o que pra ela?
"Oh mamãezinha, tive um pesadelo, dorme comigo por favor?". Ela ía rir da minha cara né?! Aí pensei em dizer que tava passando mal, com vontade de vomitar né, mas só de pensar na possibilidade de levantar e ter que ir até o quarto dela, desisti.

Fiquei paradinha, encolhidinha no canto da minha cama olhando meu quarto todo com os olhos bem arregalados como se fossem uma tela de cinema. Parecia que o bandido do sonho tava no meu quarto, juro. Quando eu fechava os olhos e tentava dormir, parecia que ele chegava perto de mim, e por isso que eu tinha que ficar com os olhos abertos vigiando para ver se ele aparecia e chegava perto ou não.
Pra completar um maldito dum gato começou a miar bem na minha janela...
Parecia que aquilo não acabava nunca. Mas acabou acabando. Acordei hoje já sem medo e lembrando vagamente do bandido caçador que invade o quarto (e a imaginação) dos outros, e do gato pertubador de noites alheias.

É, acho que tô vendo televisão demais...
Inté!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Proposta Irrecusável...

Meeeeeeu, findi foi excelente! Pena que tenha acabado tão rápido... Mas tudo o que é bom dura pouco neh, fazer o que?!
Bom, sexta fui pra facul e fiz prova de segunda chamada. Na facul só tem duas provas a TA1 e a TA2. Não fiz a prova TA1 de Ciência Humanas em maio porque eu não sabia nada, rs, daí preferi fazer segunda chamada, e o que acabou acontecendo? Fiz a TA2 numa setxa feira e a segunda chamada da TA1 ia ser na sexta seguinte... Estudei que nem uma louca, por mais que ninguém acredite, é verdade. A prova disso foi a nota das provas... Nem eu acreditei! Quando acabei de fazer a segunda chamada a professora falou qe era pra eu esperar porque ela ia corrigir na hora, e aproveitava e me dava o resultado das prova que eu tinha feito na semana anterior. "Putz, duas de uma vez, é hoje que eu não durmo...", pensei eu, pobre estudante mortal...

Fiquei lá na porta da facul esperando, porque se eu ficasse na sala, ficava mais ansiosa com as caras e boacs que a professora fazia...
Subi e fui encarar a fera, rs. Quando cheguei na sala ela perguntou com um ar de superioridade:

- Carolina Guimarães é você?
- Desde pequenininha, rs... (Repito o perídoo mas noa perco a piada!)

Aí foi e me deu as provas. Antes de eu olhar a nota (eu tava sem coragem, confesso), ela disse "Você tá livre de mim!".
Isso já me aliviou né, porque ai eu ja sabia que tinha passado, mas com quanto tinha passado? Olhei primeiro a prova que eu tinha acabado de fazer. Pra essa eu só tinha dado uma olhada na hora e mesmo assim, dei uma lida com o Renan lá em casa, o que me desconcentra o tempo todo. Mas a culpa não é dele, eu é que tenho um distúrbio no déficit de atenção (DDA).
Dei uma pequena lida e só. Nessa eu tirei 7,0. Mas pra quem não estudou, só leu, tá ótimo. Tá ótimo principalmente porque eu acho que só assisti duas aulas de Ciências Humanas.Rs
Mas pô fala sério, quem concorda comigo que sexta a noite não é dia de ir pra facul? Rs

Aí depois fui ver a nota da TA2. Sabe quanto eu tirei?? Nada mais nada menos que dez! Fiquei toda boba neh! Vocês tem noção de que eu não tiro dez desde o 2° ano do 2° grau? Isso tem 2 anos já! E também po, ai prova que eu sou inteligente de natureza, porque nunca estudei de verdade pra Ciências Humanas, nao me dediquei pra matéria, não merecia ter tirado esse dez. Vi gente da minha sala se matando de estudar e tirando 6. Mas, já que tirei o bendito 10 fazer o que neh? Ai ai...

Sábado fiz os cabelos, as unhas, e 15h e pouco partimos pro show! Hum, não foi tudo o que eu esperav mais foi legal. Deu pra "curtir". Saímos do show às 8h mais ou menos e fomos pra uma festa junina, aniversario das primas do Rê. Nossa, tinha tanta comida, tanto doce, que meu Deus! Comi muito, rs. Tinha uma mesa só co comida típicas, sem noção! Aí, eu não comi cuscuz com leite condensado, comi leite condensado com cuscuz. Pé-de-moleque, paçoca, bolo, sopa de ervilha, churrasco, refri, aff! E o pior é q eu comi de tudo...

No Domingo... fiquei na mão do palhaço! Passei tão mal q vcs não tem noção. Eu chega tremia toda. Minha cabeça tava doendo tanto, parecia que tinham colocado ela na frigideira e tavam fritando que nem ovo. Ai o Rê muito pacientemente me deu um Anador, eu deitei, ele sentou do lado da cama e ficou fazendo carinho em mim na esperança de que eu melhorasse. Mas não melhorei. ai a Aline disse que talzvez a dor de cabeça fosse do figado, porque eu tinha comido muita porcaria. Minha mãe foi lá, comprou o remédio do fígado e eu tomei. Bicho que treco ruim! Quase vomitei...
Aí deitei de novo, tava muito mal. Renan fico lá me velando, rs. Dormi quando acordei as coisas tinham melhorado um pouquinho...
Depois fomos em Campo Grande levar meu tio em casa. E eu fiquei lá sonhando... Eu lembro que vi a casa dele quando ele começou a construir, e fui lá e vi agora. Quanta mudança! Agora tá linda! Fiquei sonhando com o dia que eu vou casar e vou reformar a minha também, deixar tudo com a minha cara, comprar os móveis... Nossa! Que sonho!

Quero uma casa bem grande quando eu casar sabe. De 2 andares, 2 quartos no mínimo (pros meus pimpolhos quando eu tiver neh?), cozinha grande (imagina eu cozinhando, rs), e quintal. Quintal é fundamental. Por isso e algumas outras razões que decidi que não moro em prédio.
Primeiro acho muito impessoal. Parece que eu moro numa comunidade de formigas, sai gente de tudo o que é buraco. Segundo que não quero que meus filhos sejam crianças apartamentizadas, daquelas que passam metade da vida na escola, e a outra metade jogando video game.
Quero ver meus filhos correndo o dia inteiro pelo quintal, se balançando no balanço que vai ter na árvore (sim vai ter!), comendo areia do parquinho, chupando gilete! rs.
Quero que os meus filhos tenham infância! Eu cresci bem solta... Sempre brinquei na rua (minha rua é calma), brincava no quintal lá de casa o dia inteiro, tomava bastante banho de piscina... E aproveitei muito minha infância. Não que minha mae fosse relaxada e deixasse eu e minha irmã soltas, mas ela deixava a gente viver. Tem criança que só sabe jogar videogame e fica no computador. Não brinca de piq-pega, piq-esconde, mamãe na rua, pau na lata e por aí vai...
Meus filhos não vão ser assim. Crianças que nunca pegam sol, que nunca voltam pera casa sujinhas... pois os meus vão voltar e eu vou lavar a roupa deles com o maior prazer! Afinal, Omo Multiação tá ai pra quê? Rs. WWW.BLOGAO.KIT.NET

Falando nisso, aproveito para fazer menção ao título desta postagem, rs. Recebi uma proposta irrecusável! Mas é irrecusável mesmo, rs. Por hora ainda não posso contar, mas muito em breve prometo que conto! Tô tão feliz! Não consigo mais pensar em outra coisa, rs. Mas não adinata que por enquanto não conto nada pra ninguém! WWW.BLOGAO.KIT.NET
Eu sou muito sortuda mesmo, rs...
Tudo dando certinho, graças à Deus!

Obs: Não sou garota propaganda da Omo, e muito menos recebi alguma coisa pra mencionar no blog! Rs

Vou ficando por aqui... Até mais!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

MEMÓRIAS DE UMA GUEIXA

Esse findi foi muito bonzinho!
Sábado acordei tarde como não fazia a muito tempo. fiquei de bobeira com o Rê lá na casa da minha vó e talz.
De noite, vieram todos os nossos amigos aqui pra casa, e nos divertimos a valer!! Tinha um tempo que eu não me divertia tanto! Comemos cachorro quente, todo mundo. Aí vimos o filme "Memórias de uma gueixa", e abro um parêntereses aqui pra falar do filme que é formidável, vale a pena conferir. Fala sobre como é a vida de uma gueixa, e a série de abdicações que elas têm que fazer por causa da profissão. Inclusive desistir de uma amor por causa disso. Muito bom mesmo, vale a pena ver.

Quando acabou o filme fizemos um fondoue, só que particularmente eu não gosto. Mas, parecia estar muito bom. Pelo menos o povo comeu de se lambuzar!
Os meninos foram embora 2:30h da manhã, e as garotas dormiram aqui. Como eu estava sem sono fiquei vendo Altas Horas. Quando acabou eu corri aqui pra internet. Mas, como não tinha nada de novo no orkut, ninguém pra conversar no msn, e eu tava sem cabeça pra escrever, desliguei o pc e fiquei rolando na cama até pegar no sono. Eram 4h da manhã.
Dormi no quarto dos meus pais porque eles tinham viajado. Cama de casal é outra coisa =]
Dormi tão bem que acordei domingo 12h. Lavamso o carro do Rê (é um chamego com esse carro que as vezes ele esquece até de mim!). Depois levamos minha vó porque ela ia pra SP.
Depois voltamos pra cá e fomos pra igreja. Depois da igreja fomos alimentar meu vício. Mc Donald's!!!!!!!
Tava tão lotado que me estressei. Começo de mês é fogo. Nêgo pega o salário e vai gastar no Mc Donald's, e empata a vida alheia, rs.

Em suma, findi fói divertido! Amigos é o que há! Fazem com que eu não me sinta tão só! =]
Beijão e bom resto de semana...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Exclusão

Perdoe-me, mas tive que excluir a última postagem "Um texto pobre qualquer".
Por motivos mais altos que eu.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments