Aquele dia...

Ê laiá...
Sabe aquele dia péssimo? Aquele dia zicado? Aquele dia punk? Aquele dia que você pede a Deus pra nunca chegar, mas é inútil porque ele sempr vem. O dia que tudo dá errado, que você fica estressada, com saudade, com medo, cheia de dúvidas, cheia de incertezas e querendo colo. E ainda por cima com dor. É aquele dia que dá vontade de chorar, de fugir, de não querer ficar sozinha e querer ao mesmo tempo, de se achar chata e de achar todas as outras pessoas chatas também.
É um desses dias que a gente tem vontade de ir pra praia sozinha e só voltar quando o sol se pôr. Não tem vontade de fazer nada: estudar, trabalhar, ver televisão, se cuidar, arrumar a casa... só dá vontade de dormir. É um desses que não estamos com saco pra aturar ninguém, desde uma freira à um assaltante.
É aquele dia que a gente quer comer uma sopinha quentinha, deitar na cama e dormir gostosinho, e mais nada. É aquele dia que a gente busca respostas em vão, de onde eu vim, porque estamos no mundo, para onde iremos pois?
E a gente se sente mais sozinha que tudo no mundo. Mais impotente que qualquer outra coisa, é fogo. É aquele dia que é impossível você ficar bem.

Sabe aquele dia? É hoje. WWW.BLOGAO.KIT.NET

Se as coisas melhorarem escrevo alguma coisa por aqui.
Até mais...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

0 comentários: