Um novo amanhecer

É, 2008 já esta às portas. Esse ano voou, e quase não vi passar. Tanta coisa boa aconteceu. Tantos planos realizados. Tantas amizades feitas. Foi bom demais.

Amanhã é noite de natal, e o que mais gosto no natal, é que as pessoas ficam com seus espíritos anestesiados pro mal. Todo mundo fica mais flexível, mas bondoso, mais sorridente. Acho que as pessoas deveriam conservar isso o ano inteiro.
Mais um natal. Fiz um balanço hoje do que fiz do ultimo natal até o dia de hoje. Acho que fui bem... Tentei acertar mais do que errar. Mas pequei em não conservar o ano inteiro toda a bondade e inocência que me ivadiram em 24/12/06. Daqui a pouquinho vamos entrar em um novo ano, e o que esperar dele? Esperei tata coisa para 2007... Esperei uma paz que não vi acontecer. Esperei ver mais sorrisos que lágrimas. Mas niguém pode ter tudo.

Hoje ao olhar pra trás não me arrependo do ano que passou. Ao contrário, olho pra trás e vejo que tudo o que passei contribuiu para hoje eu ser a pessoa que sou. Dias inesqueciveis, momentos, brigas, choros, sofrimentos, superação, gargalhadas, estresse, passeios... Momentos felizes são bons, mas os tristes são necessários. Para crescer. Amadurecer.

Não me arrependo de nada, todos os que passaram por mim, deixaram um pouco de si, levaramum pouco de mim. Vi a vida de uma forma mais leve, procurei apreciar as qualidades das pessoas, sem me preocupar muito com os defeitos.
Me esforcei pra matar meu orgulho e elevar minha auto-estima, por alguns momentos consegui isso e acho que me tornei alguém com quem é bom se conviver.
Procurei ajudar aqueles que sei que não simpatizam comigo, porque de certa maneira, eles são pessoas doentes da alma. Percebi que a vida é muito curta para se viver um dia duas vezes, portanto inovei.

Somos todos especiais, de um jeito ou de outro. Não acredite se alguém lhe disser que não, pois pessoas assim, são pessoas que precisam derrubar alguém, para subir e se sentirem importantes.

Dê sempre o seu melhor, seja para varrer a calçada, ou para uma entrevista numa grande empresa. Se não puder fazer tudo, faça tudo o que puder.
Não troque bons momentos por dinheiro, dinheiro acha-se em todo lugar, amor não. Não há sofrimento que não tenha solução, a cura sempre será maior do que as feridas.

Saiba esperar, seja o ônibus ou um grande amor. Paciência é uma virtude.

Vou me preocupar somente em ser amiga e não saber quem é inimigo Pois assim, eu vou conseguir apertar a mão de quem me odeia e ajudar a quem não faria o mesmo por mim. Acho que a beleza da vida é você não negar seus próprios principios por causa dos outros. Essa história de "minha educaçao depende da sua" não funciona comigo. Minha educação, meu caráter, não dependem de ninguém. Podem chamar de boba, otária até, mas sou assim. Dou sim a outra face.

Nesse novo ano, antes de desejar qualquer coisa pra mim ou para os que amo, desejo que o mundo tenha mais amor. Antes de ter paz, antes de dinheiro, antes de sucesso. Que haja amor. Que haja amor pelo próximo, que haja amor por aquele a quem você não conhece. Ao motorista do ônibus, à caixa da padaria, ao mendigo do centro da cidade. À criança que oferece uma balinha no sinal e não damos dez centavos que temos dentro do carro porque "achamos" que quem obriga a criança a pegar o dinheiro são seus pais. Que façamos a nossa parte sem esperar nada em troca. E sem querer saber pra onde aqueles trocadinhos estão indo, porque pode sim ser para algo que não seja para aquela crianaça, mas também pode ser para ela. Deus vê todas as coisas. Inclusive as intenções do nosso coração.

Que sejamos mais inocentes e menos arrogantes. Que tenhamos consciência de que ninguém é o centro do universo. E que somos tods iguais. E que a vida é um sopro, que pode acabar em um segundo.

Esse ano eu quero falar mais com Deus, e reclamar menos das coisas. Quero sonhar mais. Quero dizer mais "sim" para a vida. Quero sorrir quando o mundo me disser "não", em todos os sentidos. Quero sentir mais a beleza da vida, das coisas e das pessoas. Quero ser mais inocente.

Quero amar mais, sorrir mais, florir mais. Quero tocar os dias com paz, amor, sossego, serenidade. Quero mais chuva, mas sol, mais lágrimas de alegria, mais notícias de nascimentos, e quase nenhuma notícia de morte. Quero sentir mais saudade, e poder matar essa saudade depois. Quero amadurecer com os erros e assimilar as broncas como fatores de crescimento.

Quero ser mais flexível. Ouvir mais música, dançar mais. Ficar acordada de madruagada, ver mais o sol nascer. Mais do que vi esse ano.

2008 vai ser o meu ano. Vai ser o ano de ser diferente, de fazer diferente, de pensar diferente. E na virada do ano, enquanto as pessoas estiverem bebendo, sorrindo, e desejando feliz ano novo umas para as outras, eu vou fechar meus olhos, e pedir à Deus com muita força, vou pedir amor, muito amor. Eu quero ver tudo transbordando de amor. Porque de todos os problemas que estão sem solução nesse mundo, o amor resolve todos.

A deficiência do mundo é a falta de amor.
Um 2008 cheio de amor para nós.
Carolina Guimarães.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

0 comentários: